Quais documentos exigir ao comprar um carro usado?

Muitas pessoas pensam que comprar um carro usado é muito mais fácil do que comprar um carro novo, mas a verdade é que um processo é tão delicado e burocrático quanto o outro. Na hora de escolher seu veículo, é preciso observar não somente a conservação e o preço do mesmo, mas também outros aspectos legais. Além disso, é preciso saber quais documentos exigir durante a transação.

Toda compra demanda uma série de cuidados e com um veículo usado não seria diferente.

Para não ter problemas no futuro, a primeira coisa que você deve fazer antes de iniciar a negociação é anotar a placa do veículo e pesquisá-la no Carcheck. A ferramenta irá mostrar a você todo o histórico do veículo em questão bem como pendências financeiras e demais restrições e problemas.

Outro cuidado que você deve tomar é verificar se o número do chassi gravado no carro é o mesmo que aparece na documentação e na pesquisa do Carcheck.

Se você puder ter acesso ao número Renavam do veículo, também poderá acessar o site do Detran do estado ao qual ele pertence e verificar se há multas ou outras pendências.

Na hora de exigir os documentos do atual proprietário, é uma boa ideia pedir ajuda a um profissional a fim de verificar se todos eles são autênticos e estão dentro da lei. Se você for comprar um veículo em 2018, por exemplo, deverá exigir o Licenciamento 2018 – esse é o documento que autoriza o veículo a circular dentro da lei e deve ser renovado anualmente.

Vamos conferir, detalhadamente, quais documentos devem ser exigidos na compra de um veículo usado?

Saiba quais documentos exigir ao comprar um veículo usado

Na hora da compra, você deve solicitar ao atual proprietário:

  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos), popularmente conhecido como Licenciamento SP em São Paulo e assim por diante nos demais estados;
  • Comprovante de pagamento de IPVA dos últimos 3 anos;
  • Comprovante de pagamento do Seguro Obrigatório;
  • Certificado de transferência com data, totalmente preenchido e com firma reconhecida (recibo);
  • No caso de veículos importados, exija também a 4ª via de importação.

Na hora de transferir a propriedade, você deverá apresentar:

  • Comprovante de pagamento de IPVA dos últimos 3 anos;
  • Comprovante de pagamento do Seguro Obrigatório;
  • Comprovante de pagamento de multas pendentes (se houver);
  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos);
  • Certificado de transferência com data, totalmente preenchido e com firma reconhecida (recibo);
  • Cópia do RG e do CPF;
  • Comprovante de residência – pode ser uma conta ou um extrato bancário, por exemplo;
  • Decalque com o número de chassi do carro.

Caso o veículo seja de outra cidade ou outro estado, será necessário apresentar os seguintes documentos para transferir a propriedade:

  • Histórico ou prontuário do veículo;
  • Certidão que comprove que o veículo não possui multas em seu município de origem;
  • Certidão que comprove que o veículo não é roubado ou furtado (apenas em caso de veículos de outro estado);
  • Comprovante de pagamento de IPVA dos últimos 3 anos;
  • Comprovante de pagamento do Seguro Obrigatório;
  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos);
  • Certificado de transferência com data, totalmente preenchido e com firma reconhecida (recibo);
  • Decalque com o número de chassi do carro;
  • Comprovante de vistoria obrigatória realizada em qualquer posto do Detran.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *